Leituras de Fevereiro

“É dentro de você que o ano novo cochila e espera desde sempre.”
(Drummond de Andrade)

Ensino Fundamental I

Por Que Economizar Água?
Autores: Jen Green & Mike Gordon
Editora Scipione
Tomar um banho demorado, deixar a torneira aberta ao escovar os dentes, lavar a bicicleta com mangueira, lavar calçadas… Muitos de nós fazemos isso automaticamente, sem pensar nas consequências. Mas, e se a água acabar? Será que podemos viver sem ela? Vamos aprender sobre o uso racional da água! Vamos respeitar nosso meio ambiente! Vamos cuidar com amor do nosso planeta.
Memórias de um Fusca.
Autor: Orígenes Lessa
Editora Global
Um Fusca racional, dotado de sentimentos, e seu motorista, barbeiro e desastrado. Dois personagens que se opõem, dá a essa história uma diversão incrível! Vamos ler e se divertir!
O Caso da Borboleta Atíria.
Autora: Lucia Machado de Almeida
Editora Ática
A singela e delicada borboleta Atíria se envolve em uma arriscada aventura. Em clima de fábula e conto de fadas, a história faz uma analogia crítica entre o reino animal e a sociedade.
Vamos Pensar Mais um Pouco? (Lições ilustradas com a Turma da Mônica)
Autores: Mauricio de Sousa & Mario Sergio Cortella
Editora Cortez
O pensamento é o ponto de partida para tudo o que fazemos. Nos ajuda a entender o mundo. Nos ajuda a criar. Nos ajuda a lidar com o outro. Aliás, pensar com outras pessoas é uma atividade muito boa. pensamos melhor quando trocamos ideias com alguém, quando estamos em uma verdadeira ciranda do pensamento. Pensamos um pouco, depois mais um pouco, mais um pouquinho, um tantinho mais… E assim vamos crescendo!

Ensino Fundamental II

Moby Dick.
Autor: Herman Melville (adaptação de Geraldine McCaughrean)
Editora Ática

O capitão Ahab só consegue pensar em uma coisa: vingar-se da grande baleia branca Moby Dick. Há muitos anos, o animal o atacou, e ele perdeu uma perna. A bordo do navio Pequod, a tripulação comandada por Ahab caça baleias em busca de óleo e segue o rastro do monstro, uma criatura grandiosa e assustadora como o próprio mar.

O Vendedor de Queijos e outras Crônicas.
Autor: Alexandre Azevedo
Editora Atual
Desfechos surpreendentes, equívocos, inversão de papéis, personagens inusitados e folclóricos – tais como Romualdo, o mentiroso; Juarez, o sovina; Reinaldo, o golpista; o “habilidoso” vendedor de queijos e muitos outros – desfilam pelas crônicas reunidas nesta obra. Com muita agilidade e bom humor, diversas situações e tipos humanos compõem uma visão panorâmica da realidade brasileira atual.
Poe em Preto & Branco.
Autor: Edgard Allan Poe
Editora FTD

O livro reúne três dos melhores contos de Allan Poe: “Relato encontrado em uma Garrafa”, O Barril de Amontilhado” e “O Gato Preto”. As historias adaptadas para os quadrinhos por Xavier Besse trazem a atmosfera gótica, cheia de sombras e fantasmas, própria de um dos maiores mestres do terror na literatura.

0 Segredo da Casa Amarela.
Autoras: Giselda Laporta Nicolelis
Editora Atual
O que está acontecendo na casa amarela? De repente, apareceram por lá novos moradores… É ai que se inicia uma história digna de agentes secretos, detetives e investigações. Os heróis não perdem por nada e adoram uma aventura e grandes emoções. Vamos ler e viver uma grande aventura!

Ensino Médio

A História Sem Fim.
Autor: Michael Ende
Editora Martins Fontes
Fantasia é a história sem fim escrita num livro de capa cor de cobre que estava no sótão de um colégio. Agora ele está na sua mão.
Eles Não Usam Black-Tie.
Autor: Gianfrancesco Guarnieri
Editora Civilização Brasileira
Aguda observação da classe operária brasileira; uma classe que, nos últimos tempos, está se conduzindo praticamente sem líderes, em momento histórico em que suas reivindicações e seus gritos de protesto nascem quase diariamente como explosão inadiável, como que a demostrar que nada está bem, e não como consequência fria de cálculos políticos.
A Ilustre Casa de Ramires.
Autor: Eça de Queirós
Editora Martin Claret
De publicação póstuma, a Ilustre Casa de Ramires (1900) é o ponto alto da narrativa de Eça de Queirós; de uma observação fina e irônica da nobreza lusitana decadente, traça vários fatos históricos e configura os bens e os males da sociedade de um Portugal passado, o qual contrasta com o presente do autor. O enredo mostra o árduo trabalho do protagonista, Gonçalo Mendes Ramires, em escrever um romance, assim a obra dialoga com a própria história de Queirós que se propõe compor um romance histórico.
UA-123695123-1