Congresso Mundial de Neurologia

O Colégio Imperatriz Leopoldina, consciente da importância do trabalho pedagógico junto a seus educandos, acompanha, orgulhoso, o caminho profissional de seus ex-alunos, que se destacam dentro e fora do país. E um exemplo de inovação e de sucesso é o trajeto desenvolvido por Lucas Krasauskas, turma de 2014.

Meu nome é Lucas Krasauskas; formei-me no Colégio Imperatriz Leopoldina, em 2014. Em 2017, entrei na Universidade Municipal de São Caetano do Sul, campus Bela Vista, no curso de Medicina.

Sou presidente e fundador do Instituto da Memória, um grupo de pesquisa da faculdade, voltado para estudo da memória humana, em geral. Fizemos pesquisas, aplicamo-las nos alunos, realizamos os testes clínicos e elaboramos nossas conclusões.

Nosso intuito era enviar o trabalho para o Congresso Mundial de Neurologia, em Dubai. E, assim, o Instituto da Memória teve oito trabalhos aceitos para exposição e apresentação, incluindo dois meus.

Irei para lá no final de outubro. Antes disso, em agosto, eu e meus colegas tivemos mais quatro trabalhos, entre 24 vagas escolhidas para apresentação no Congresso dos Departamentos Científicos da Academia Brasileira de Neurologia.

Sou muito grato ao CIL por todos os anos de estudo, 8 para ser mais específico, no qual aprendi que devemos sempre buscar nossos objetivos, independentemente das dificuldades. O colégio também me proporcionou outras experiências incríveis, como dois intercâmbios na Alemanha, validação de proficiência em Alemão, e tudo isso aliado ao ensino e aos princípios da Instituição, que me fazem ter muito orgulho de minha formação escolar e como pessoa.

Voltarei em outubro para dar mais notícias sobre como foi minha experiência em Dubai.

A família CIL felicita sua história de êxito e aguarda os frutos de suas novas conquistas. Parabéns, Lucas!

 

Acompanhe nossa página no Facebook.

Lucas Krasaukas C